EPITACIO PESSOA/AE
EPITACIO PESSOA/AE

Vendas nos supermercados crescem 5,5% em 2011 até novembro

No mês passado, o faturamento foi 7,17% maior que novembro de 2010 e caiu 2,28% em relação a outubro, segundo dados da Apas

Fernanda Guimarães, da Agência Estado,

28 de dezembro de 2011 | 12h37

SÃO PAULO - O faturamento real dos supermercados no Estado de São Paulo cresceu 5,5% no acumulado de 2011 até novembro ante igual período do ano passado, segundo informou nesta quarta-feira, 28, a Associação Paulista de Supermercados (Apas). De acordo com a entidade, o faturamento em novembro subiu 7,17% ante o mesmo mês de 2010 e caiu 2,28% em relação a outubro. O dado foi deflacionado pelo Índice de Preços dos Supermercados.

Ainda de acordo com dados da Apas, o faturamento real dos hipermercados no Estado de São Paulo registrou queda de 0,91% em novembro em relação ao mês de outubro e alta de 6,88% ante o mesmo mês de 2010. No acumulado de 2011 houve crescimento de 0,64%.

Somados, o faturamento real dos supermercados e hipermercados do Estado, houve queda de 1,48% em relação ao mês de outubro e alta de 6,97% ante o mesmo período do ano passado. No crescimento acumulado de 2011 o crescimento foi de 2,57%.

Segundo a entidade, a realização de compras menores tem se intensificado ao longo dos últimos anos e, por isso, vem impulsionando as vendas dos supermercados acima das vendas realizadas nos hipermercados. "E isso se dá pelo fato de o consumidor efetuar compras com mais frequência, escolhendo formatos que possibilitam maior agilidade na hora da compra", afirmou, em comunicado, Martinho Paiva, diretor de Economia da Apas.

Tudo o que sabemos sobre:
supermercadoapasfaturamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.