Vendas pendentes de moradias nos EUA caem mais que o esperado em agosto

Os contratos para comprar moradias usadas nos Estados Unidos caíram mais do que o esperado em agosto, indicando que o setor imobiliário ainda está abalado.

REUTERS

29 de setembro de 2014 | 11h21

A Associação Nacional de Corretores informou nesta segunda-feira que seu Índice de Vendas Pendentes de Moradias, com base em contratos assinados no mês passado, caiu 1,0 por cento, para 104,7. Economistas consultados pela Reuters esperavam recuo de apenas 0,1 por cento.

Apesar da queda, as vendas pendentes ainda estavam no segundo maior nível do ano. Em julho, as vendas haviam subido 3,2 por cento, um pouco abaixo do ganho de 3,3 por cento divulgado anteriormente.

O índice despencou no ano passado após a alta das taxas de juros hipotecárias, mas vinha em tendência de alta desde março.

(Reportagem de Elvina Nawaguna)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAPENDENTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.