Vendas pendentes de moradias nos EUA têm forte queda em julho

As vendas pendentes de moradias nosEstados Unidos caíram surpreendentes 12,2 por cento em julho,seguindo o aperto no mercado de crédito provocado pelosproblemas no segmento de financiamento imobiliário de altorisco no país, informou entidade do setor nesta quarta-feira. O índice de vendas pendentes da Associação Nacional deCorretores de Imóveis, baseado nos contratos assinados emjulho, caiu para uma leitura de 89,9, a menor desde setembro de2001, quando o índice atingiu 89,8. A queda foi bem mais forte do que o recuo de 2 por centoestimado por economistas para julho. O dado contribui paradeixar ainda mais sombrio o cenário para o mercado imobiliáriodos Estados Unidos. "É difícil contabilizar por completo a quebra das hipotecasno índice, e nossos membros estão nos dizendo que algunscontratos de venda estão sendo cancelados porque os depósitosde hipotecas estão caindo na última hora", afirmou LawrenceYun, economista da associação. O economista acrescentou, entretanto, que apesar dapermanência de algumas preocupações, o mercado parece estar seestabilizando desde meados de agosto. O índice oferece uma boa perspectiva para o movimentofuturo de vendas de moradias porque esses contratos de vendaspendentes são finalizados, normalmente, num intervalo de um adois meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.