Vendas pendentes de moradias nos EUA têm maior alta desde 2006

As vendas pendentes de residências nos Estados Unidos subiram em setembro inesperadamente para o seu maior nível en quase três anos, antes do término de um popular crédito para o imposto na aquisição da primeira moradia, mostrou uma pesquisa nesta segunda-feira.

REUTERS

02 de novembro de 2009 | 14h40

A Associação Nacional de Corretores disse que o seu índice de vendas pendentes de casas, baseado nos contratos assinados em setembro, aumentou 6,1 por cento, a 110,1 --o maior patamar desde dezembro de 2006. Foi o oitavo mês seguido de alta.

Analistas consultados pela Reuters estimavam estabilidade para esse indicador, que subira a 103,8 em agosto.

O índice também registrou uma alta recorde, de 21,2 por cento, ante setembro do ano passado.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAVENDASPENDENTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.