Vendas reais da indústria crescem 2,92% em abril

Os indicadores industriais no mês de abril apresentaram uma melhora em relação ao mesmo período de 2004. Segundo os dados divulgados nesta segunda-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), as vendas reais cresceram 2,92% no período, enquanto os postos de trabalho na indústria tiveram elevação de 6,56% em igual comparação. O número de horas trabalhadas na indústria ficou 9,06% acima de abril de 2004 e os salários líquidos reais subiram 8,68% em abril sobre igual mês do ano passado.Em comparação com março deste ano, os indicadores mantiveram uma certa estabilidade. As vendas reais tiveram aumento de apenas 0,13% e o número de empregos, de 0,49%. Já o número de horas trabalhadas na produção teve crescimento de 3,48%, enquanto os salários líquidos reais tiveram leve queda, de 0,05%, em abril na comparação com março. As variações já estão dessazonalizadas.No acumulado do ano, as vendas reais (janeiro a abril) acumulam um aumento de 2,64% em relação ao primeiro quadrimestre de 2004. O emprego na indústria no período cresceu 6,85% e as horas trabalhadas, 7,08%. Já os salários líquidos reais acumulam uma alta de 9,02%.A utilização da capacidade instalada, em termos dessazonalizados, ficou em 82,1% em abril. Segundo a CNI, esse indicador vem mostrando uma redução desde o quarto trimestre de 2004, seguindo a tendência de desaceleração da atividade industrial. Ainda assim, de acordo com a Confederação, as empresas operaram com níveis recordes de aproveitamento do parque produtivo em abril. No primeiro quadrimestre de 2005, a utilização da capacidade instalada ficou em 81,6%, também em termos dessazonalizados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.