Vendas reais da indústria fluminense recuam 8,06% em janeiro

As vendas reais da indústria fluminense apresentaram queda de 8,06% em janeiro deste ano, ante janeiro do ano passado. É o que mostra a pesquisa Indicadores Industriais, da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), divulgada hoje pela entidade.Segundo a análise, as vendas da indústria da região, entretanto, apresentaram elevação de 7,05% em janeiro desse ano na comparação com o mês anterior, ou seja, dezembro do ano passado, na série histórica com ajuste sazonal. Por sua vez, na série sem ajuste sazonal, as vendas da indústria apresentaram elevação de 5,62%. "Em linhas gerais, a pesquisa deu sinais de menor ritmo de atividade no setor industrial em janeiro", afirmou a federação, em comunicado.Salários e vagasA pesquisa também mostrou que a massa salarial real apresentou alta de 1,42% em janeiro, ante janeiro do ano passado. Entretanto, quando comparado com o mês anterior, dezembro do ano passado, a massa salarial real teve queda de 3,76% em janeiro deste ano, na série com ajuste sazonal. Na série sem ajuste sazonal, a queda nesse segmento ficou em 6,28%, em janeiro ante dezembro do ano passado.O pessoal ocupado na indústria fluminense, por sua vez, apresentou alta de 4,54% em janeiro deste ano, ante janeiro do ano passado. Porém, quando comparado com dezembro do ano passado, o pessoal ocupado na indústria apresentou queda de 0,31%, na série sem ajuste sazonal - a pesquisa não revelou o resultado nesse segmento com ajuste sazonal.Já as horas trabalhadas na indústria tiveram alta de 4,14% em janeiro, ante igual mês em 2004, mas registraram quedas de 5,37% ante dezembro do ano passado, na série com ajuste sazonal; e de 4,92% na série sem ajuste sazonal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.