finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Vendido a R$ 4 mil, PS4 tem boa procura

O PlayStation 4 começou a ser vendido no País ontem por R$ 4 mil. Apesar do alto preço, o aparelho teve boa recepção, segundo os varejistas. A Sony não divulgou números oficiais sobre o primeiro dia de vendas no Brasil. As lojas da Sony, da Fnac e do Magazine Luiza afirmaram à reportagem que estavam prestes a esgotar seus estoques.

O Estado de S.Paulo

30 de novembro de 2013 | 02h20

Já a rede de lojas UZ Games, maior do País no setor de videogames, diz não ter recebido o console para vendas. Nenhuma das lojas consultadas havia recebido jogos para o PS4.

Procurada, a Sony disse que faria distribuição "coerente com a demanda estimada para o PS4", e disse que os jogos chegarão em breve às lojas por R$ 179.

O preço do console provocou polêmica ao ser divulgado em setembro. Na época, a Sony alegou que o valor se deve à tributação sobre a importação do PS4. Porém, o Estado apurou que havia distorções em planilha divulgada pela empresa, com o imposto sendo calculado sobre a margem de lucro.

Em entrevista, Mark Stanley, diretor da Sony na América Latina, disse que a empresa perdia dinheiro com a venda do PS4 a R$ 4 mil. Para reduzir o preço, a companhia pretende fabricar o console no País a partir de 2014.

Competem com o PS4 o Xbox One, da Microsoft, que custa R$ 2,3 mil, e o Wii U, da Nintendo, vendido a R$ 1,9 mil. /BRUNO CAPELAS E MURILO RONCOLATO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.