seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Venezuela abre crédito de US$ 79 mi para papel higiênico

A Assembleia Nacional da Venezuela aprovou um crédito de US$ 79 milhões para importar papel higiênico e outros produtos de higiene pessoal, visando combater a escassez desses produtos enfrentada pelo país.

Agencia Estado

22 de maio de 2013 | 11h21

O crédito será usado para adquirir 39 milhões de rolos de papel, 50 milhões de guardanapos, 10 milhões de barras de sabonete, 17 milhões de fraldas descartáveis e três milhões de tubos de pasta de dente.

A Venezuela tem sofrido com a falta de diversos bens de consumo desde que controles de preços foram impostos em 2003 na gestão do ex-presidente Hugo Chávez. Os venezuelanos sofrem ainda de apagões elétricos, inflação - que superou 20% no ano passado - e uma dívida pública de US$ 150 bilhões, ou metade do Produto Interno Bruto (PIB) do país. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELAPAPEL HIGIÊNICO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.