Venezuela apoiará anel energético, diz Chávez

Ao chegar a Assunção para a Reunião de Cúpula do Mercosul, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou que seu país, rico em petróleo e gás, apoiará o projeto de anel energético regional, discutido atualmente."A Venezuela está disposta a fazer tudo o que puder para ajudar os países mais necessitados energeticamente", disse Chávez. "O anel energético é algo muito importante, porque trata-se de uma ação para atender às necessidades energéticas do Cone Sul a curto ou médio prazo", acrescentou.Chávez destacou que a Venezuela impulsiona há dois anos a exploração do gás, "que antes era produzido apenas para o consumo interno".O anel energético é uma idéia lançada pelo Peru - que possui grandes reservas de gás - Brasil, Argentina, Uruguai e Chile, que permitiria conectar todos estes países e garantir o auto-abastecimento e a autonomia energética.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.