Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Venezuela confisca unidades da americana Williams Cos

A estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA) confiscou duas instalações de injeção de gás e uma de compressão operadas pela norte-americana Williams Cos. Esse foi o mais recente passo da campanha de estatização do presidente Hugo Chávez, que tem como alvo dezenas de companhias prestadoras de serviços do setor de petróleo.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

11 de maio de 2009 | 20h20

A PDVSA informou em um comunicado que assumiu o controle das unidades de injeção de gás de El Tejero e El Furrial, que eram controladas pela Williams. A companhia venezuelana também assumiu a unidade de compressão de Jusepin. Na sexta-feira passada, Chávez deu início à nacionalização dos ativos de 60 companhias de serviço de petróleo. Hoje, o Diário Oficial do país publicou uma lista com 39 companhias afetadas pelas medidas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleoestatizaçãoVenezuela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.