Venezuela e Bolívia criarão mineradora conjunta

Os presidentes da Bolívia, Evo Morales, e da Venezuela, Hugo Chávez, deverão assinar na próxima semana um acordo para estabelecimento da companhia de mineração binacional Minersur, segundo informação do ministro de Desenvolvimento Social da Bolívia, Carlos Villegas, publicada no jornal venezuelano El Universal. O ministro disse que a companhia binacional de mineração explorará não somente ferro, mas também outros tipos de metais. A assinatura será feita dia 26, durante encontro entre os líderes na região cocaleira de Chapare, reduto eleitoral de Morales. Cooperação Na mesma ocasião, a estatal de petróleo da Venezuela, a PDVSA, deverá assinar acordo de cooperação com a estatal boliviana de petróleo, YPFB, conforme divulgaram agências internacionais, citando declarações de Jorge Alvarado, presidente da estatal boliviana. "A PDVSA pretende realizar investimentos em exploração no valor aproximado de US$ 800 milhões e depois de mais US$ 700 milhões na produção, portanto investimentos totais próximos de US$ 1,5 bilhão", disse Alvarado. Alvarado afirmou que uma companhia de energia brasileira e uma boliviana também estão interessadas em projetos de investimento na YPFB.

Agencia Estado,

18 de maio de 2006 | 14h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.