Venezuela ingressará no Mercosul como membro pleno

A Venezuela ingressará no Mercado Comum do Sul (Mercosul) como membro pleno do bloco comercial em dezembro deste ano, anunciou neste domingo o presidente venezuelano, Hugo Chávez. "O ingresso da Venezuela como quinto membro pleno do Mercosul já foi aprovado", revelou Chávez durante entrevista coletiva concedida num hotel na cidade espanhola de Salamanca, onde ontem terminou a 15ª Cúpula Ibero-Americana.A Venezuela tornou-se membro associado do Mercosul no ano passado. O bloco comercial foi fundado na década de 90 por Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai. Além da Venezuela, Peru, Bolívia e Chile gozam atualmente do status de membros associados.De acordo com Chávez, a formalização do ingresso venezuelano como membro pleno do Mercosul ocorrerá em dezembro, durante a tradicional reunião anual de cúpula dos países do bloco, marcada este ano para Montevidéu."Este será um fato histórico para nós. Trabalharemos muito por conta disso", disse o líder venezuelano. Ele destacou que seu país poderia reforçar o Mercosul por ser o quinto maior exportador mundial de petróleo e ter as maiores reservas do produto no hemisfério.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.