Venezuela reduz prazo para pagamento do petróleo

A estatal Petróleos de Venezuela SA (PdVSA) reduziu o prazo para que os clientes estrangeiros paguem pelos embarques de petróleo e derivados, citando preocupação com o enfraquecimento do dólar. O prazo foi reduzido de 30 dias para 8 dias depois do embarque, para "resguardar os interesses da Venezuela nos mercados internacionais de hidrocarbonetos", informou a empresa em comunicado."A contínua desvalorização do dólar dos EUA e as elevadas demandas por petróleo e outros produtos são razões adicionais" para a decisão, acrescentou. O presidente Hugo Chávez e o ministro de Energia, Rafael Ramirez, têm manifestado preocupação com a queda do dólar, uma vez que o petróleo é cotado tendo o dólar como referência. A Venezuela e o Irã defendem que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) adote um cesta de moedas para negociar o petróleo no futuro. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.