Venezuela retoma venda de petróleo para Cuba

Um embarque de 300 mil barris de petróleo da Venezuela está a caminho de Cuba, como parte de um acordo de retomada das exportações de 53 mil barris por dia aos cubanos, informou um funcionário da estatal Petroleos de Venezuela SA, ou PdVSA. "O navio deixou o porto no começo do dia", disse a fonte à agência Dow Jones, sob condição de anonimato.Venezuela e Cuba assinaram um acordo em outubro de 2000, permitindo que Cuba importe o petróleo sob termos preferenciais, incluindo um período de pagamento de 15 anos, um período de carência de dois anos e uma taxa de juros de 2%.Os executivos da PdVSA suspenderam o acordo após o presidente Hugo Chávez ter sido brevemente deposto em abril, argumentando que Cuba devia US$ 142 milhões à companhia. Cuba fez um acordo para pagar a dívida. Políticos de oposição contestaram o acordo na Corte Suprema, argumentando que Chávez não obteve apoio do congresso antes de assiná-lo.O governo afirma que tem acordos similares com 12 outros países do Caribe e da América Central. Chávez considera o presidente cubano Fidel Castro um aliado próximo e fortaleceu as relações da Venezuela com a ilha comunista. A Venezuela fornece um terço das importações de petróleo de Cuba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.