Verba do BNDES reduzirá juro dos bancos, diz Fiesp

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, Horácio Lafer Piva, acredita que a linha de capital de giro para empresas nacionais, que o BNDES promete anunciar em breve, poderá reduzir o juro bancário. "Pode ter impacto porque cria, mesmo que indiretamente, alguma competição em todo o sistema financeiro, fazendo com que seja revista a taxa atual", afirmou após participar de um seminário em São Paulo.Neste momento em que a economia brasileira está em processo de recuperação, Piva disse que é fundamental "não criar um desânimo" entre os empresários que estão dispostos a investir, mas esbarram em "taxas de juros excessivamente altas" que criam um "desequilíbrio entre os competidores mundiais".O presidente da Fiesp concordou com a proposta do BNDES de condicionar a concessão de linha de crédito à criação de empregos. "É algo ligado a personalidade deste governo. Eu não acho errado", afirmou. No entanto, ele disse ser preciso analisar se isso será "um empecilho ou um facilitador para a tomada desses recursos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.