Verizon terá indenização de US$ 33 milhões

A Verizon Communications, uma das maiores operadoras dos Estados Unidos, deverá receber de indenização mais de US$ 33 milhões de outra empresa que registrou domínios na rede muito similares aos seus, informou ontem a companhia. Um juiz da Califórnia deu razão à empresa de Nova York na disputa que mantinha com a OnlineNIC, com sede em São Francisco, e à qual acusou de se aproveitar de seus clientes com o uso de endereços na rede que podiam ser facilmente confundidos com os legítimos da Verizon. A empresa explicou, em comunicado, que a OnlineNIC registrou de forma indevida ao menos 663 domínios que eram parecidos com os seus. "O tribunal concluiu que os registros de má-fé por parte da OnlineNIC de nomes relacionados com a Verizon foram feitos para atrair usuários da rede que buscavam acessar sites legítimos da companhia", disse a operadora. O tribunal definiu indenização de US$ 50 mil por domínio registrado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.