Versão alemã do ‘FT’ deixa de circular a partir do dia 7

Criado em 2000, o ‘Financial Times Deutschland’ nunca deu lucro 

Sergio Caldas, da Agência Estado,

23 de novembro de 2012 | 17h12

FRANKFURT - O Financial Times Deutschland, o sétimo maior jornal alemão em termos de tiragem, vai deixar de circular a partir do dia 7 de dezembro, anunciou hoje a editora Gruner + Jahr.

A publicação, versão alemã do jornal britânico Financial Times, nunca deu lucro desde sua criação em 2000, segundo a G+J. Tanto a versão impressa quanto a da internet serão fechadas após o fracasso da editora de encontrar um possível comprador.

"Os jornais diários estão sob pressão, principalmente no setor financeiro", comentou Julia Jaekel, membro da diretoria da G+J. "Não vemos como manter as operações."

A G+J, com sede em Hamburgo e controlada pelo grupo de mídia Bertelsmann, também publica revistas de esportes, femininas e de comportamento. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Financial Times

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.