Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Viagens nacionais crescem 17,95% em 2005

Ano passado representou uma bom período para as viagens nacionais. O número de desembarques de passageiros em vôos aqui no Brasil foi 17,95% superior ao registrado em 2004, passando de 36,567 milhões para aproximadamente 43,131 milhões. "É um crescimento excepcional, consistente e dentro de uma progressão que nos permite afirmar que o ministério cumprirá a meta estabelecida no Plano Nacional de Turismo de alcançar 65 milhões de desembarques nacionais em 2007", explicou o diretor de Estudos e Pesquisas da Embratur, José Francisco de Salles Lopes.O balanço final de desembarques nacionais apresenta dados relevantes. Mês a mês, a variação de crescimento do ano com relação a 2004 chegou ao patamar de 29,55%, registrada em janeiro, e nunca ficou abaixo de 11,46%, o menor índice, registrado em novembro.Nos meses de julho e dezembro, o número de desembarques ultrapassou 4 milhões. Em julho, mês tradicional de férias, o total foi de 4,253 milhões, uma variação de 22,57% em relação a julho de 2004, que teve 3,470 milhões. No mês de dezembro, os desembarques atingiram a marca de 4,016 milhões, um aumento de 15,71% na comparação com o mesmo período de 2004.Vôos internacionaisO ano também foi de recordes com relação ao desembarques de passageiros em vôos internacionais, com o registro de 6,785 milhões, um aumento de 10,53% em relação a 2004, quando foram registrados 6,138 milhões de desembarques.O relatório do número de desembarques nacionais em 2005 foi divulgado nessa quinta-feira pela Diretoria de Estudos e Pesquisas da Embratur. As informações são da Agência Brasil.EstímuloOutros fatores devem estimular as viagens em 2006. Nesta semana, por exemplo, as empresas de viação área TAM e Varig anunciaram descontos especiais em passagens no período do carnaval.

Agencia Estado,

20 de janeiro de 2006 | 12h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.