coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Vianorte eleva receita, corta gastos e lucro cresce 6.474%

Aumento da receita e despesas sob controle. Esses fatores fizeram com que a concessionária rodoviária do Interior paulista Vianorte tivesse aumento expressivo do lucro líquido em 2001. O lucro alcançou R$ 248,7 mil e foi 6.474,5% superior ao resultado de R$ 3.780 do ano anterior. O patrimônio líquido da empresa em 31 de dezembro era de R$ 132,151 milhões. Desde 1998, a empresa administra 236 km de rodovias estaduais de São Paulo, na região de Ribeirão Preto.A Vianorte teve no ano passado receita bruta de R$ 67,021 milhões, 12,43% superior à do ano anterior. O aumento se deu basicamente pelo reajuste da tarifa de pedágio no ano passado. A receita líquida somou R$ 61,266 milhões, 7,8% maior do que a de 2000. A diferença da expansão entre o faturamento bruto e líquido se explica pela incidência de ISS, já que alguns municípios que não cobravam o imposto em 2000 passaram a cobrá-lo.O lucro bruto da concessionária alcançou R$ 17,895 milhões, 3,3% inferior ao do ano anterior. As despesas operacionais caíram 5,6%, para R$ 16,988 milhões. As despesas financeiras foram de R$ 9,636 milhões, 2,3% inferiores às de 2000. Com gastos sob controle, o lucro operacional da Vianorte subiu 78%, para R$ 906,2 mil.As notas explicativas do balanço informam que a Vianorte reservou R$ 20,474 milhões para um futuro aumento de capital. A empresa tem financiamentos contratados de R$ 50,091 milhões com vencimentos até 2010. Ela pagará ônus de R$ 251 milhões ao governo estadual pelo direito de administrar as vias por 20 anos, mais 3% da receita. A principal obra da Vianorte é a ampliação da SP-322 (Ribeirão Preto e Bebedouro) . Os acionistas da Vianorte são Banco Ourinvest e empresas de engenharia como Civil Obras, Multiservice, Construcap, Tejofran, LS Consultoria, CCI Concessões e Somest.

Agencia Estado,

28 de março de 2002 | 20h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.