Vice de Lula quer juros iguais aos dos Estados Unidos

O vice-presidente José Alencar voltou a defender nesta terça-feira a retomada do crescimento econômico do País, com investimentos e redução da taxa de juros. "O ideal seria um patamar (de juros) tipo o dos Estados Unidos da América, porque nós não somos piores do que eles", disse Alencar, no Tribunal Superior do Trabalho (TST), onde ele recebeu uma comenda.O Banco Central dos EUA decidiu hoje manter em 1% ao ano a taxa de juros básica da economia, a menor em 45 anos. No Brasil, os juros estão em 24,5% ao ano e o mercado aposta numa redução para 23% na reunião do Comitê de Política Monetária, na semana que vem.O vice-presidente ressaltou que, tanto o setor público quanto o privado precisam voltar a investir. "Nós temos que começar a trabalhar. Todo mundo tem de voltar a fazer investimentos", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.