carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Vice-diretor de Finanças Internacionais da Rússia é preso

Promotores públicos prenderam o vice-diretor do departamento de relações financeiras internacionais, da dívida estatal e dos ativos financeiros do Ministério das Finanças da Rússia, Denis Mikhailov, sob a acusação de recebimento de propinas. Ele foi levado sob custódia para um lugar não informado. Segundo a Promotoria, Mikhailov deu documentos contendo segredos de Estado para dois empresários. Em troca, ele teria recebido um carro no valor de 87 mil euros. Os dois empresários também foram detidos. Mikhailov e Sergei Kolotukhin, o ex-chefe do departamento, eram protegidos de do primeiro-ministro demitido, Mikhail Kasyanov. Para o analista da Bear Stearns, Tim Ash, a decisão não deve ter impacto no crédito do país.

Agencia Estado,

01 de dezembro de 2004 | 09h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.