Vice-ministro do petróleo do Irã diz que queda nos preços tem vida curta

O vice-ministro de petróleo do Irã disse nesta terça-feira que a recente queda nos preços do petróleo tem vida curta e provavelmente não irá afetar o orçamento dos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), segundo a agência oficial do ministério Shana.

REUTERS

14 de outubro de 2014 | 11h17

"A queda no preço do petróleo tem vida curta", disse Rokneddin Javadi, que também é o diretor da Companhia Nacional Iraniana de Petróleo (NIOC, na sigla em inglês), segundo reportagem da agência Shana.

"Acredito que as especulações sobre o futuro da tendência de queda nos preços do petróleo são baseadas em grande parte em análises de mercado", disse o executivo.

Questionado se a queda nos preços poderia afetar o orçamento do Irã, ele disse: "Eu acredito que não."

O petróleo Brent registrava nova queda nesta terça-feira, abaixo de 87 dólares por barril, menor nível em quatro anos, à medida que caem as chances de que a Opep possa reduzir sua produção para reduzir o excedente global de petróleo.

(Por Rania El Gamal)

Tudo o que sabemos sobre:
PETROLEOIRAMINISTRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.