finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Vice-presidente da Fiesp quer redução drástica dos juros

A necessidade da "redução drástica" dos juros, expressão contida no documento do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social entregue ontem ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e comentada por ele no discurso que fez na oportunidade, foi também defendida pelo empresário Nildo Masini, vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Entrevistado no programa Conta Corrente, da Globo News, Masini explicou que a expressão é correta porque o desaquecimento da economia também foi drástico. "O que nos preocupa é que, como dizia o então ministro da Fazenda, Mário Henrique Simonsen, para você desaquecer a economia é como você puxar um saco de areia com uma corda, e quando você precisa reaquecer a economia você tem de empurrar esse saco de areia com essa mesma corda."Segundo o vice-presidente da Fiesp, o desaquecimento da economia brasileira prejudicou sobretudo a grande quantidade de pobres que existe no País, o que obriga o governo petista a favorecer a volta do crescimento econômico o mais rapidamente possível.

Agencia Estado,

05 de setembro de 2003 | 08h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.