Villares de Pindamonhangaba demite 128 trabalhadores

A empresa Aços Villares Sidenor, de Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, dispensou na tarde de ontem 128 trabalhadores. A divulgação foi feita hoje pelo Sindicato dos Metalúrgicos da cidade e confirmada pela Assessoria de Imprensa da Villares. Segundo a entidade, entre os dispensados, estavam 50 funcionários de carreira, 38 aposentados que foram estimulados a aderir ao PDV (Plano de Demissão Voluntária) e 40 temporários. Para os temporários a empresa se comprometeu a pagar 50% do contrato estabelecido nos meses de junho, julho e agosto. A Aços Villares produz aços especiais e cilindros de laminação em três unidades em Pindamonhangaba, Sorocaba e Mogi das Cruzes, onde, até antes das demissões, mantinha 3.250 funcionários.De acordo com a Assessoria de Imprensa da Villares, as previsões de crescimento do mercado para o primeiro semestre deste ano não se concretizaram e por este motivo foi necessário o ajuste. As demissões significam uma redução de 6% no quadro de funcionários. Nas unidades de Sorocaba e Mogi das Cruzes não houve dispensas. Ainda de acordo com o sindicato, as demissões estão relacionadas ao mercado e o departamento de Recursos Humanos da Villares teria se comprometido a readmitir os trabalhadores se as vendas de aço melhorarem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.