Vilões da inflação perdem força

Os preços de alguns produtos sazonais que subiram acima da média nos últimos dois meses começam a recuar. Um exemplo importante é o leite longa vida. O produto chegou a subir 100% e foi um dos vilões do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP (Fipe). Na segunda prévia de agosto, a inflação foi de 1,86% e o item alimentação subiu 2,98%.De acordo com o presidente da Associação Paulista de Supermercados (Apas), Omar Assaf, o preço do leite já teve uma queda de 50%. "Ainda é muita coisa, mas a queda foi importante nas últimas semanas", afirma. Outro produto que apresentou recuo no preço, ao patamar de dois meses atrás, é o café. Segundo os dados da Apas, o café chegou a subir 25% no auge dos reajustes de preços, mas já recuou todo esse valor. Omar Assaf diz que com isso as pressões sobre a inflação devem diminuir nos próximos meses, abrindo espaço para o governo voltar a reduzir a taxa básica de juros - Selic.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.