Vinte e cinco bancos europeus falham em teste de saúde financeira, dizem fontes

Vinte e cinco bancos europeus falham em teste de saúde financeira, dizem fontes

Instituições com carência de recursos terão que se submeter a um plano de aumento de capital em duas semanas ao Banco Central Europeu

John O'Donnell, Jan Strupczewski e Andreas Framke, Reuters

24 de outubro de 2014 | 14h43

Um grupo de 25 bancos europeus falhou nos testes de saúde financeira, com até 10 dessas instituições financeiras apresentando falta de capital, disseram duas fontes familiares com o assunto nesta sexta-feira.

Os testes de estresse, liderados pelo Banco Central Europeu (BCE), descobriram que bancos em países incluindo Grécia, Chipre, Eslovênia e Portugal ficaram abaixo do capital mínimo de referência no fim do ano passado e que até 10 permanecem em dificuldades agora, disseram as fontes.

Bancos na Espanha e na França se saíram melhor que o esperado.

O resultado, que deve ser finalizado pelo Conselho do BCE no domingo, fornece o mais completo quadro sobre a robustez dos 130 principais bancos da zona do euro.

Os bancos com carência de recursos terão que submeter um plano de aumento de capital em duas semanas ao BCE, que decidirá se dá ou não o sinal verde para execução dos mesmos.

Um porta-voz do BCE disse que os resultados dos testes de estresse ainda não foram finalizados, descrevendo as informações neste meio tempo como especulativas.

"Os resultados não serão finais até que eles sejam considerados pelo Conselho do BCE no domingo, 26 de outubro, e depois eles serão publicados", disse ele.

As ações de bancos europeus caíram brevemente nesta sexta-feira depois que a Bloomberg reportou que 25 bancos da zona do euro não passariam nos testes de estresse.

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSEUROPATESTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.