Visa supera expectativas com lucro do 3º trimestre fiscal

Empresa informou um lucro trimestral de US$ 716 milhões, em grande parte devido à retomada de gastos por consumidores

REUTERS,

28 de julho de 2010 | 18h19

A Visa, maior rede de processamento de cartões de crédito e débito do mundo, superou expectativas ao informar um lucro trimestral de US$ 716 milhões nesta quarta-feira, 28, em grande parte devido à retomada de gastos por consumidores.

O lucro líquido da companhia para o terceiro trimestre do exercício social de 2010, fechado em 30 de junho, foi de US$ 0,97 por ação.

O valor representa uma leve queda em comparação com o lucro líquido registrado um ano antes, de US$ 729 milhões ou também US$ 0,97 por ação, que inclui o valor da venda da participação na brasileira Cielo (ex-VisaNet). Excluindo esse impacto, a empresa registrou no terceiro trimestre de 2009 um lucro de US$ 0,67 por ação.

Analistas esperavam, em média, um lucro de US$ 0,93 por ação no terceiro trimestre fiscal do atual exercício social, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A companhia viu "melhora contínua" no volume de transações financeiras processadas no trimestre, segundo afirmou o presidente-executivo da Visa, Joseph Saunders, em comunicado.

A receita da empresa no trimestre foi de US$ 2 bilhões, o que representa uma alta de 23% em relação ao mesmo período de 2009. O valor superou levemente as previsões de analistas, que esperavam, em média, receita de US$ 1,97 bilhão.

(Reportagem de Maria Aspan)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.