Vitória da Embraer mostra confiança no Brasil, diz embaixador dos EUA

O novo embaixador dos Estados Unidos no Brasil, John Danilovich, considerou altamente positivo para as relações bilaterais a vitória da Embraer na licitação de US$ 7 bilhões para o fornecimento de aeronaves ao Pentágono e a decisão da norte-americana HP de ampliar a base de exportações no Brasil. "São decisões que mostram a confiança no País" e representa "um novo nível de cooperação, muito construtivo", afirmou após o primeiro discurso no cargo, proferido hoje no Instituto Fernando Henrique Cardoso (IFHC).Segundo ele, os Estados Unidos vêem com bons olhos as ações da diplomacia brasileira com os países mais pobres. "Nós assistimos com muito respeito o papel que o Brasil tem desempenhado, dando aos países em desenvolvimento uma voz que sozinhos eles não teriam. Nós aplaudimos a emergência do Brasil como um líder mundial", disse.Sobre a Alca, cujas negociações estão praticamente paralisadas, Danilovich afirmou esperar um novo impulso após os acordos fechados na Organização Mundial do Comércio (OMC). "A Alca é uma importante peça para aumentar a integração entre os dois países, uma integração que já começou no setor privado", afirmou. Danilovich admitiu que há momentos marcados por desconfiança de uma ou outra parte, sobretudo na área comercial. "É impossível Brasil e Estados Unidos não se gostarem. São velhos amigos, parceiros na democracia, no livre comércio, nos valores e com desafios comuns", afirmou, referindo ao combate ao narcotráfico, à pobreza e à inclusão social e digital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.