Vivo é multada em R$ 3,4 mi por descumprir meta de qualidade

Plano Geral de Metas de Qualidade (PGMQ) foi descumprido pela operadora em 14 Estados e no Distrito Federal

Gerusa Marques, da Agência Estado,

16 de julho de 2008 | 17h49

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) multou nesta quarta-feira, 16, a Vivo em R$ 3,46 milhões por ter descumprido metas de qualidade na prestação dos serviços. A maior multa, de R$ 1,36 milhão, foi aplicada à operadora Vivo de São Paulo. Os processos se referem a 2005, e a decisão final foi publicada nesta quarta no Diário Oficial da União.   O Plano Geral de Metas de Qualidade (PGMQ) foi descumprido pela Vivo em 14 Estados e no Distrito Federal. Os maiores problemas detectados pela Anatel se referem às taxas de ligações completadas, de estabelecimento de chamada, de resposta das empresas ao usuário, de atendimento pessoal ao cliente e de recuperação de falhas e defeitos. A agência informou que não cabe mais recurso da decisão.   A princípio, a agência havia divulgado o total de punições em R$ 4,1 milhões, mas a multa foi reduzida. A Assessoria de Imprensa do órgão regulador esclareceu que reduziu o valor porque a Anatel havia cometido um erro de cálculo. A multa foi reduzida depois da apresentação de um recurso pela Vivo.   Pagamento   A Vivo informou que já efetivou o pagamento da multa. A penalidade, publicada somente nesta quarta no Diário Oficial, remonta a 2005 e diz respeito ao descumprimento de metas de qualidade na prestação dos serviços.   Segundo a área de Regulamentação da Vivo, a multa não afetará o balanço da empresa porque o montante já havia sido provisionado durante o período em que decorreu o processo.   Isso significa que a empresa não precisou dispor de novos recursos para cobrir a penalidade, que foi integralmente paga este ano, de acordo com informações da operadora.   (com Michelly Teixeira, da Agência Estado)

Mais conteúdo sobre:
TelefoniaAnatelMultaVivo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.