Vivo mantém liderança no mercado nacional de celulares

A distribuição do mercado de telefonia celular ficou inalterada no mês de fevereiro, de acordo com balanço divulgado hoje pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A Vivo segue em primeiro lugar, com 27,32% do mercado brasileiro, que chegou a 124,1 milhões de celulares no mês passado. A TIM está em segundo lugar, com 26,06% e a Claro mantém a terceira colocação, com 24,8%.A Oi está na quarta posição, com 13,54% de participação do mercado nacional de celulares. Em quinto, está o grupo Telemig Celular, com 4,31%. Nessa classificação, a Telemig Celular ainda aparece junto com a Amazônia Celular. No início do mês, a Anatel aprovou a venda da Amazônia Celular para a Oi. A Telemig, por sua vez, foi comprada pela Vivo. A Brasil Telecom vem em sexto lugar, com 3,61%, seguida da CTBC Celular (0,30%) e da Sercomtel Celular (0,06%).Melhor fevereiro desde 1999O total de telefones celulares em operação no Brasil alcançou, em fevereiro, 124,1 milhões, de acordo com a Anatel. As vendas em fevereiro somaram 1,264 milhão de novos aparelhos, número 169,3% superior ao de igual período do ano passado. Os dados revelam, segundo a Anatel, que foi o melhor fevereiro desde 1999, em porcentual de aumento do número total de celulares em funcionamento no País.O crescimento do mercado foi de 1,03% em relação a janeiro. Deste total, 80% estão na modalidade pré-paga (com cartão), e os 20% restantes, no sistema pós-pago, que recebe a fatura mensalmente. O balanço da Anatel mostra ainda que, nos últimos 12 meses, foram registrados 22,9 milhões de novos usuários.Atualmente, em cada grupo de 100 pessoas no Brasil, 65 têm celular. O Distrito Federal lidera o ranking, com mais de um celular por pessoa - são 119 aparelhos de telefonia móvel por grupo de 100 habitantes. O Rio de Janeiro aparece como segundo colocado no ranking, com 80,98%, seguido de Mato Grosso do Sul, com 79,26%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.