Vivo tomará até 250 milhões de euros de banco europeu

Os conselheiros da Vivo Participações aprovaram a contratação do equivalente em reais a até 250 milhões de euros junto ao Banco Europeu de Investimento (BEI). O empréstimo terá prazo de nove anos e seu custo total é estimado em 106% da variação do Certificado de Depósito Interfinanceiro (CDI) - valor que será definido no momento da liberação dos recursos, segundo informação enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).A contratação aprovada, que será garantida por carta de fiança bancária, se destinará ao financiamento de "projetos de expansão e investimento".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.