Vodafone diz ter interesse no Brasil

O executivo-chefe da Vodafone, Arun Sarin, afirmou em entrevista ao jornal português Diário Econômico que o Brasil é um dos mercados prioritários onde a multinacional avalia expandir sua atividade. Sarin disse que o fundamental no Brasil é "encontrar uma oportunidade adequada", mas, para que isso ocorra, deve haver alguém "disposto a vender". "A Vodafone olha para o mercado brasileiro, como demonstra o fato de eu ter participado de muitas análises sobre o assunto", disse o diretor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.