-15%

E-Investidor: como a queda do PIB afeta o mercado financeiro

Volátil, Bovespa segue NY e cai 1,05%

Índice paulista oscila com vencimento de opções sobre ações e o vaivém das bolsas nos EUA, que interromperam quatro altas

Claudia Violante, Denise Abarca e Silvana Rocha, O Estadao de S.Paulo

17 de março de 2009 | 00h00

A Bovespa trabalhou em boa parte do dia, ontem, seguindo, de longe, os ganhos das ações em Wall Street estimulados pelo segmento financeiro. Contudo, a virada para queda dos índices em Wall Street no fim da sessão , após quatro altas consecutivas, ajudou a consolidar as perdas do mercado paulista. Além do vencimento de opções sobre ações, que sempre traz muita volatilidade à sessão, os investidores procuraram justificativas para realizar lucros. Na semana passada, a Bolsa subiu 5,15%. No caso da Petrobrás, voltaram os rumores sobre a redução nos preços da gasolina e o ministro do Petróleo da Arábia Saudita, Ali Al-Naimi, alertou que o preço do petróleo tem que estar em pelo menos US$ 60 para viabilizar a exploração do pré-sal brasileiro. Petrobrás ON recuou 2,33% e PN, 1,84%. As ações da Vale fecharam desiguais: o papel ON caiu 0,45% e o PNA subiu 0,41%. A direção da Vale apresentou ao conselho de administração a proposta de remuneração aos acionistas de R$ 5,059 bilhões, o que corresponde a R$ 0,97046 por ação em circulação. O Ibovespa caiu 1,05%, aos 38.607,20 pontos. No mercado de juros, a taxa de janeiro de 2010 voltou para um dígito, a 9,99%. E o dólar recuou 0,91%, a R$ 2,277 no balcão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.