coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Volatilidade é do jogo, diz Tombini

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou neste sábado que o processo de recuperação da economia global traz de volta as condições monetárias à normalidade e é fundamental que as autoridades tenham cautela, inclusive para fazer ajustes quando necessário.

FERNANDO TRAVAGLINI, ENVIADO ESPECIAL, Agencia Estado

29 de março de 2014 | 16h21

Ele afirmou ainda que a normalização das condições monetárias gera realinhamento dos ativos financeiros, como o câmbio. Mas o aumento da volatilidade dos mercados financeiros internacionais é reflexo dessa normalização e o processo de ajuste não deve ser confundido com vulnerabilidade. "A volatilidade é do jogo".

O discurso do presidente do Banco Central foi feito para uma plateia de investidores e banqueiros no encerramento do Fórum Econômico sobre a América Latina do Institute of International Finance (IIF), na Bahia. Tombini participou também de reuniões fechadas do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), na Costa do Sauípe. O BC está em "período de silêncio" que antecede a reunião do Copom da próxima quarta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
BCTombinivolatilidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.