coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Volks dá férias coletivas a funcionários de São Bernardo

A Volkswagen informou nesta quinta-feira que dará férias coletivas de dez dias para 3.400 funcionários de sua fábrica em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. De acordo com o protocolo feito pela Volks e encaminhado ao Sindicato dos Metalúrgicos da cidade, as férias serão iniciadas no dia 28 deste mês e terão duração até 6 de setembro. Os trabalhos, porém, só serão efetivamente retomados no dia 11, por conta do feriado da Independência do Brasil. O aviso foi feito no momento em que se realizava um ato ecumênico, por dois padres e um pastor - no pátio da fábrica de SBC - em defesa ao emprego e aos direitos dos trabalhadores. Isso porque a montadora anunciou o plano de reestruturação de três de suas cinco fabricas no País - uma no Paraná, em São José dos Pinhais, e outras duas em São Paulo, em Taubaté e São Bernardo - que inclui a demissão de quase seis mil trabalhadores. Desse total, mais da metade, cerca de 3.700, devem sair da fábrica do Grande ABC. Produção do Gol A Volks não informou o motivo das férias coletivas mas afirmou que irá parar por dez dias a produção do modelo Gol em sua fábrica de São Bernardo do Campo, para adequar a produção à demanda dos mercados. Segundo a assessoria de imprensa da montadora, a medida é necessária por causa da queda das exportações, provocada pelos efeitos da valorização do real frente ao dólar, que tira competitividade do produto nacional. Texto ampliado às 18h33

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.