Volks vai vender Gol brasileiro no Irã

A montadora Volkswagen anunciou ter fechado um acordo para montar e vender o automóvel Gol 1.8 a gasolina, de fabricação 100% brasileira, no Irã. Segundo nota divulgada pela empresa, os veículos serão montados perto da cidade de Bam (1.270 km a leste da capital, Teerã) e terão algumas adaptações para suportar as temperaturas extremas do país asiático.Além de exportar os veículos, a Volkswagen brasileira vai ser responsável pela instalação completa de uma linha de montagem, fornecendo equipamentos, suporte técnico e treinamento aos iranianos. Acredita-se que a linha de montagem esteja pronta até o final do ano.PotencialA carroceria do Gol montado no Irã virá da fábrica da Volks em Taubaté (SP); o motor e o câmbio virão da fábrica em São Bernardo do Campo (SP) e os demais componentes e peças virão de outros fornecedores brasileiros. A Volkswagen acredita que o mercado iraniano oferece grande potencial, já que nos últimos anos a indústria automobilística local tem crescido em um ritmo mais rápido do que a média geral da indústria no país.Entre 1999 e 2003, o mercado de automóveis iraniano cresceu 147% e, no ano passado, as vendas internas de veículos atingiram a marca recorde de 568 mil unidades. De acordo com a montadora, hoje o Gol é exportado para mais de 20 países da América Latina, Ásia, África e Leste Europeu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.