coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Volkswagen amplia em 28% plano de investimento no Brasil

Recursos extra serão empregados com o objetivo de atender melhorias de processos e novos produtos

Alberto Alerigi Jr., da Reuters,

30 de outubro de 2007 | 10h11

A Volkswagen anunciou no final da segunda-feira, 29, que aumentou seu plano de investimento no Brasil de R$ 2,5 bilhões para R$ 3,2 bilhões no período de 2007 a 2011.  O investimento de R$ 2,5 bilhões, anunciado em outubro do ano passado, já contemplava a chegada de uma nova família de veículos ao País.  Os R$ 700 milhões extras no plano têm como objetivo "atender também as melhorias de processos, assim como novos produtos da montadora", informou a montadora em comunicado, acrescentando que dois terços do total a ser injetado serão aplicados em veículos, e o restante em processos industriais.  Segundo o presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall, 80% do investimento total virá da própria subsidiária brasileira, enquanto os restantes 20% vêm da matriz do grupo, na Alemanha.  A Volkswagen iniciou no Brasil em 2003 um plano de reestruturação, que recuperou a rentabilidade da empresa e redimensionou as suas operações no País.  "Após anos consecutivos de perdas, a Volkswagen do Brasil deve registrar lucro em 2007. Assim, conseguimos retomar a nossa capacidade de investimentos no país", disse Schmall no comunicado.  A indústria automotiva brasileira, incluindo a de autopeças, deve investir US$ 15 bilhões nos próximos três anos para expandir a capacidade de produção para 5 milhões de veículos por ano, ante 3,5 milhões atuais, informou no início deste mês o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge.  A associação que representa as montadoras instaladas no País, Anfavea, estima produção recorde este ano de 2,96 milhões de veículos.

Tudo o que sabemos sobre:
NegóciasAutomotivoVolkswagen

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.