Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Volkswagen contrata mais 490 pessoas

A Volkswagen do Brasil inicia hoje a seleção de 490 novos empregados por prazo determinado de 12 meses, para a linha de produção da fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. O crescimento da montadora, que aumentou suas vendas em cerca de 34% em relação ao ano passado, aliado às perspectivas positivas do mercado brasileiro, foi o principal motivo que viabilizou estas novas contratações. Com a meta de complementar os turnos de trabalho já existentes, a montadora eleva a capacidade diária de produção de 1.015 para 1.120 carros dos modelos Gol, Fox, Polo (hatch e sedan), Saveiro e Kombi.Só em 2007, a empresa já abriu 725 vagas na unidade em julho, e agora deve aumentar a capacidade de produção diária de 1.015 para 1.120 carros. Os novos contratados já devem iniciar seus trabalhos entre os meses de dezembro e janeiro. Serão aceitos os currículos de candidatos indicados pelos empregados da montadora e que foram aprovados na 1ª fase de seleção realizada em julho, em parceria com o Centro Universitário de Santo André (UniA), mas que não efetivaram contrato com a Volkswagen naquela época. As principais funções requisitadas são: funileiro de brilho, funileiro de produção, soldador de produção, pintor de cabine e pintor de acabamento.A Volkswagen é umas das maiores empresas de capital privado do Brasil, com faturamento líquido de R$ 17,3 bilhões em 2006. Presente no País desde 1953, possui cinco fábricas: Anchieta/São Bernardo do Campo (SP), Taubaté (SP), São Carlos (SP), São José dos Pinhais (PR) e Resende (RJ), além de sua subsidiária na área de Serviços Financeiros (banco, consórcio, seguro). A montadora produz no Brasil os modelos Gol, Fox, CrossFox, Parati, Saveiro, Polo, Polo Sedan, Golf e Kombi, além de caminhões e ônibus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.