Volkswagen/Divulgação
Volkswagen/Divulgação

Volkswagen investe R$ 2 bilhões para a produção do T-Cross no Paraná

Nova produção também vai propiciar o retorno de até 600 trabalhadores que estão no sistema lay-off

Julio Cesar Lima, especial para O Estado, O Estado de S.Paulo

03 Abril 2018 | 18h03

Curitiba (PR) -  A fábrica da Volkswagen em São José dos Pinhais, em Curitiba (PR), começa a produzir a partir do próximo ano o T-Cross, primeiro SUV desenvolvido pela marca no Brasil. Serão investidos R$ 2 bilhões, dos quais R$ 600 milhões nas áreas de desenvolvimento, testes e validação e R$ 1,4 bilhão para a ampliação e modernização da fábrica. O investimento faz parte dos R$ 7 bilhões de investimentos previstos pela Volks no Brasil até 2020.

A nova produção também vai propiciar o retorno de até 600 trabalhadores que estão no sistema lay-off e devem retomar as atividades.

Segundo o presidente e CEO da Volkswagen para América do Sul e Brasil, Pablo Di Si, a Volks tem o objetivo de retomar a liderança do mercado e há uma visão otimista para o crescimento do setor automotivo.

++ Venda de veículos tem melhor primeiro trimestre desde 2015

"Primeiro temos que acreditar no Brasil a longo prazo. No ano passado, em um seminário, falei que acreditava no crescimento de mercado de 40% em quatro anos, e nós estamos revisando essa estimativa para mais porque só no primeiro trimestre tivemos 15%, e nós, o dobro do mercado", disse.

"Ficamos na terceira colocação por muitos anos por falta de produto, e agora, com essa ofensiva de produtos, temos todas as ferramentas para voltar à liderança no médio prazo e de uma forma rentável, até 2020", completou.

Questionado se houve atrasos nos investimentos previstos pela empresa, Di Si ressalta que não houve alteração no calendário de produção da empresa. "Vamos começar neste ano a etapa produtiva do T-Cross. Não sofremos nenhuma alteração no calendário, tudo vai começar como o planejado e o lançamento acontecerá no início de 2019", comentou.

++ Preço do etanol sobe em 19 Estados e valor médio registra alta de 0,49% no Brasil

Com o investimento anunciado, a Volks, segundo sua direção, faz a maior ofensiva no mercado brasileiro. Até 2020, a empresa deve lançar 20 novos modelos no País (entre eles, cinco SUVs), dos quais 13 produzidos no Brasil, dois na Argentina e cinco importados.

O governador do Paraná, Beto Richa, disse que o estado recebeu, nesta terça-feira, 3, seu maior investimento industrial.

"Este é o maior investimento do ciclo industrial da história do Paraná, quando totalizamos R$ 45 bilhões nos últimos anos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.