Volkswagen negocia participação na Suzuki, diz revista

A Volkswagen, maior montadora da Europa, pode se tornar acionista da concorrente japonesa Suzuki Motor ante do fim deste ano, de acordo com a revista do setor automobilístico alemã Automobilwoche. As negociações estão em um estágio avançado. "Esperamos chegar a um acordo de princípios neste ano", disse um alto executivo da Suzuki à revista durante o Auto Show de Frankfurt.

AE, Agencia Estado

19 de setembro de 2009 | 15h23

"Para a Suzuki e a Volkswagen, seria uma situação em que todos ganham. A Suzuki teria acesso a um grande número de tecnologias da Volks, enquanto a Volks ganharia uma forte porta de entrada para os mercados indiano e do sudeste asiático", afirmou o executivo. Uma fonte próxima ao conselho da Volkswagen também disse à revista que, "se chegarmos a um acordo, poderemos aprender muito com a Suzuki".

No fim de junho, a revista Manager Magazine levantou a possibilidade de que a Volks poderia adquirir cerca de 10% da Suzuki. Na semana passada, o diretor do conselho supervisor da Volkswagen, Ferdinand Piech, afirmou que a montadora deveria ter mais duas marcas. "Doze é um bom número", disse ele, durante um evento organizado pela companhia alemã, antes do Auto Show de Frankfurt. Piech tem expressado admiração por carros fabricados pela Suzuki e, no mês passado, afirmou que a Volks estava estudando um acordo de cooperação com a companhia japonesa na área de veículos urbanos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AutosVolkswagenSuzuki

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.