AFP PHOTO / VLADIMIR SIMICEK
AFP PHOTO / VLADIMIR SIMICEK

Volkswagen retardou investigação sobre poluentes nos EUA, diz SEC

Autoridade regulatória americana apresentou documento dizendo que montadora alemã interferiu em inquérito

Agências, Dow Jones Newswires

09 de julho de 2019 | 09h28

WASHINGTON - A montadora alemã Volkswagen retardou uma investigação federal nos Estados Unidos sobre se ela enganou investidores de bônus americanos que não foram informados sobre sua atuação para trapacear em testes de emissão de poluentes em veículos a diesel, segundo o governo. 

A Securities and Exchange Commission (SEC) explicou em documento a um tribunal federal na segunda-feira, 8, o motivo de ter demorado tanto para processar a companhia alemã e seu ex-executivo-chefe, após a montadora admitir em 2017 ser culpada de acusações criminais no escândalo.

Um porta-voz da Volkswagen disse que a companhia cooperou totalmente com a investigação da SEC. Em maio, um juiz federal em San Francisco questionou a SEC pelo atraso para que o regulador tomasse alguma ação.

A SEC disse que começou a investigar o caso em setembro de 2015, mas enfrentou "longos atrasos" da empresa no envio de documentos e outras informações, bem como testemunhas que não cooperaram ou mostraram relutância em falar. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.