Volume da bolsa de Buenos Aires cresceu 51% em 2003

Os operadores da Bolsa de Buenos Aires estão rindo de satisfação com o crescimento do volume operado de quase 51% entre janeiro e maio deste ano. Graças a este aumento, o ingresso das sociedades de Bolsa cresceu 40% nos últimos meses, sendo que o mercado de ações representa só uma parte do faturamento para os operadores que também trabalham com cauções, títulos públicos, Cedears e índices de futuros, dentre outros. Num cenário de dólar estável, com tendência de baixa, e taxas de juros em queda, os investidores voltaram ao mercado de ações em busca de melhores rendimentos. Para completar os bons ventos que sopram em favor da Bolsa de Buenos Aires, as melhores perspectivas econômicas e um leve regresso de capitais externos contribuíram para a recuperação da Bolsa. O volume operado passou de 7,7 bilhões para 8,6 bilhões de pesos nos primeiros cinco meses de 2003, com promessas de recorde em junho. Os números incrementaram os ganhos por comissões em 40%. Nos últimos 12 meses, se increveram 11 novas sociedades de Bolsa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.