Volume de cheque sem fundos é o maior desde 91, aponta Serasa

Pesquisa realizada pelo Serasa aponta alta de 12,1% no volume de cheques sem fundos no País nos nove primeiros meses do ano em relação a igual período de 2002. Os dados mostram que, de janeiro a setembro deste ano, foram devolvidos 15,7 cheques sem fundos a cada mil compensados, ante 14 verificados no mesmo intervalo de 2002. Os números, como revela o Serasa, são os maiores já apresentados no período desde 1991, quando o índice foi criado.Porém, na comparação mensal a pesquisa registrou queda 5,2% no volume de cheques devolvidos em relação com agosto deste ano. Em setembro de 2003 foram devolvidos 14,7 cheques sem fundos a cada mil compensados, ante 15,5 em agosto. Em setembro do ano passado, o Serasa informa que foram devolvidos 12 cheques a cada mil compensados.De acordo com os dados, a redução de cheques devolvidos por falta de fundos no mês de setembro, a princípio, não deve indicar uma tendência consistente para a inadimplência com cheques no final do ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.