Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Volume de contratação de câmbio para importação é recorde histórico

O volume de contratação de câmbio para importação em agosto foi o maior da série histórica do Banco Central, iniciada em 1982. De acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira pelo Banco Central, em sua página na internet, a contratação de câmbio para importação ficou em US$ 8,554 bilhões. Antes do resultado de agosto, o maior volume de contratação de câmbio para importação tinha sido de US$ 7,568 bilhões, registrado em junho deste ano.O fluxo cambial de agosto ficou positivo em US$ 1,291 bilhão, valor inferior ao fluxo de US$ 2,492 bilhões de julho. O resultado, entretanto, é melhor do que o verificado em agosto do ano passado, quando o fluxo ficou negativo em US$ 7 milhões. O fluxo veio em linha com as expectativas dos analistas ouvidos pela Agência Estado, embora mais perto do piso das previsões. As estimativas de mercado variavam de US$ 1,250 bilhão a US$ 1,5 bilhão. No período de janeiro a agosto, o fluxo cambial está positivo em US$ 26,912 bilhões. O valor já é superior aos US$ 18,819 bilhões de todo o ano passado.Pelos dados divulgados pelo BC, o fluxo cambial no segmento financeiro ficou negativo em agosto em US$ 2,533 bilhões. Este valor é um pouco superior aos US$ 2,303 bilhões de fluxo negativo registrado em julho. Na comparação com agosto do ano passado, o resultado é melhor do que o fluxo negativo de US$ 4,880 bilhões.No mês de agosto, o total de saídas pelo financeiro ficou em US$ 16,944 bilhões. E os ingressos ficaram em US$ 14,410 bilhões. Em julho, o valor total das saídas havia sido de US$ 13,878 bilhões, enquanto as entradas tinham somado US$ 11,575 bilhões. Vale lembrar que as compras do Tesouro são contabilizadas como saídas do financeiro.No segmento comercial, o fluxo ficou positivo em US$ 3,824 bilhões em agosto. O valor é inferior aos US$ 4,795 bilhões de julho e também abaixo dos US$ 4,873 bilhões de agosto do ano passado. Pelos dados do BC, as contratações de câmbio para exportação ficaram em US$ 12,379 bilhões em agosto. As contrações de câmbio para importação, por sua vez, somaram US$ 8,554 bilhões. Em julho, as contratações de câmbio para exportações tinham ficado em US$ 11,831 bilhões, ante um total de US$ 7,036 bilhões de câmbio para importações. A posição de câmbio dos bancos fechou vendida em US$ 979,4 milhões. A última vez em que a posição de câmbio dos bancos tinha ficado vendida foi em janeiro. Naquele mês, a posição vendida em câmbio estava em US$ 4,691 bilhões. Em julho último, a posição de câmbio dos bancos ainda estava comprada em US$ 1,781 bilhão. Matéria alterada às 13h15 para acréscimo de informações

Agencia Estado,

06 de setembro de 2006 | 13h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.