Volume de negócios na Bovespa cai 21,5% em maio

A Bolsa de Valores de São Paulo registrou um volume financeiro de US$ 8 bilhões, em maio. Esse montante representa uma média diária de US$ 364 milhões, significando um volume 21,5% inferior à média obtida em abril. Em maio foram registrados 462.772 negócios, com uma média diária de 21.035 transações, número 9,9% menor que o resultado de abril. O baixo volume de negócios é sinal de liquidez reduzida. Ou seja, a compra e venda de ações, em geral, não encontra a mesma facilidade que a registrada em maio do ano passado. Com as incertezas no mercado internacional, o investidor prefere aplicar em ativos mais seguros, como os títulos prefixados emitidos pelo governo norte-americano.O Índice Bovespa recuou 3,7%. Separados por grupos de investidores, as instituições financeiras lideraram as aplicações na Bovespa com 39,1%, seguidas pelos investidores estrangeiros com 20,9%, pessoas físicas com 19,7%, investidores institucionais com 15,9%, empresas com 2,8% e outros com 1,6%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.