Vôos nacionais podem ter descontos em abril

A Embratur deve concluir amanhã as negociações para lançar novamente o programa de descontos em tarifas aéreas na baixa estação. Batizado de "No Brasil o verão dura seis meses", o programa já tem adesão da Varig, que propôs descontos de até 40% nas passagens para 15 destinos diferentes. De acordo com o presidente da Embratur, Caio Luiz de Carvalho, a empresa garante a venda de até 1300 assentos em suas aeronaves com desconto por dia. "Em 1998 nós fizemos a mesma coisa e aproximadamente 1 milhão de pessoas aproveitou a promoção", disse Carvalho. Falta ainda definir as condições da promoção, como a antecedência nas reservas e a participação da rede hoteleira. Segundo o presidente da Embratur, os secretários de turismo estaduais ficaram encarregados de negociar com os hotéis a adesão ao programa e a rede Othon já se comprometeu a estudar a participação. Na reunião de amanhã, Carvalho acredita que já será possível formatar o programa. A expectativa da Embratur é que a promoção possa valer de abril a junho. Ele acredita ainda na participação compulsória das outras empresas aéreas, que seriam forçadas a baixar os preços para concorrer com a Varig. De acordo com Caio de Carvalho, a proposta de relançar o programa foi da própria Varig, que procurou a Embratur para articular a parceria. Quem voar com um bilhete promocional, poderá apresentar o cartão de embarque nos hotéis participantes da promoção para garantirem o desconto também na diária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.