Votação do mínimo deixa o mercado financeiro cauteloso

O mercado financeiro operou cauteloso nesta quinta-feira, de olho da votação da MP do salário mínimo no Senado. A indefinição sobre o resultado limitou um melhor resultado. O pregão da bolsa paulista teve forte volatilidade, variando entre 1,16% e -1,26%. No encerramento, baixa de 0,61%.O dólar comercial caiu 0,38%, cotado a R$ 3,128. O risco Brasil fechou em baixa de 23 pontos, em 651 pontos base - menor desde 27 de abril de 2004.Entre os papéis brasileiros mais negociados no exterior, o C-Bond encerrou em alta de 0,41%, cotado a 91,00 centavos de dólar. No mercado de juros, os contratos para janeiro encerram em 16,93%, contra 16,98% de quarta-feira. No mercado de petróleo, os preços internacional seguiram em alta pelo segundo dia consecutivo em Londres (2,87%) e Nova York (3,05%), com a contínua violência no Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.