Votação do projeto que institui PPP fica para próxima semana

O parecer do senador Rodolpho Tourinho (PFL-BA), relator do projeto que institui a Parceria Público Privada (PPP), foi lido hoje na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O líder do PFL, José Agripino Maia (RN), e outros senadores pediram vistas. O presidente da CCJ, senador Edison Lobão (PFL-MA), concedeu um prazo de uma semana para as vistas. Isto significa que o projeto da PPP só será apreciado novamente pela CCJ na próxima semana.O problema é que, na próxima semana, devem chegar ao Senado três ou quatro medidas provisórias que estão bloqueando os trabalhos da Câmara. As MPs trancarão a pauta do Senado e nenhuma outra matéria poderá ser votada, antes da votação das Mps.Foi marcada uma reunião na próxima terça-feira, no gabinete do líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), de tentativa de acordo entre os governistas e a oposição.O senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA) disse ontem à Agência Estado que o projeto só será votado pelo plenário do Senado depois que o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) retornar de sua viagem aos Estados Unidos. Tasso deve viajar para os EUA na próxima semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.