ANDRÉ DUSEK/ESTADÃO
ANDRÉ DUSEK/ESTADÃO

Votação do relatório final do Orçamento de 2016 fica para semana que vem

Apesar do prazo apertado para que o projeto seja apreciado em plenário ainda neste ano, sessões previstas para ontem, hoje e amanhã foram canceladas

Bernardo Caram , O Estado de S.Paulo

10 de dezembro de 2015 | 13h03

BRASÍLIA - A Comissão Mista do Orçamento (CMO) deve votar somente na próxima semana o relatório final do Orçamento de 2016. Apesar do prazo exíguo de tramitação para que o projeto seja apreciado em plenário ainda neste ano, sessões inicialmente previstas para ontem, hoje e amanhã no colegiado foram canceladas.

De acordo com a comissão, as reuniões estavam pré-agendadas apenas como precaução, caso houvesse necessidade dos encontros. O regimento interno da Câmara exige que as sessões sejam marcadas com antecedência de pelo menos 24 horas.

Nesta semana, a CMO concluiu a votação dos 16 relatórios setoriais, em áreas como saúde, turismo e educação - que vão compor o relatório final. Para a conclusão do texto, ainda é necessário equacionar um rombo de aproximadamente R$ 10 bilhões, para que seja atingida a meta vigente para o ano que vem, de superávit de R$ 34,4 bilhões. O relator do texto, deputado Ricardo Barros (PP-PR), defende que o corte seja feito no programa Bolsa Família.

Mais conteúdo sobre:
Economia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.