Votação sobre corte de juro do Minha Casa é adiada

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) adiou para a próxima semana a votação da proposta de redução de 8,16% para 7,16% do juro cobrado em operações do programa Minha Casa, Minha Vida. O tema foi apresentado pelo Ministério das Cidades, mas será apreciado apenas em reunião na próxima quinta-feira (4), às 14h30.

CÉLIA FROUFE, Agencia Estado

27 de setembro de 2012 | 17h53

A intenção é a de que o novo patamar de juros passe a valer para consumidores com renda mensal de R$ 3,1 mil a R$ 5 mil. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (27) pela assessoria de imprensa do Ministério do Trabalho.

Tudo o que sabemos sobre:
Minha Casa Minha Vidajurovotação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.